terça-feira, 28 de maio de 2013

SAIBA O QUE ACONTECE COM SEU CORPO EM 30 MINUTOS DE CORRIDA

Você calça o tênis para malhar, suas células disparam uma reação em cadeia que afeta quase todo o corpo e gera benefícios físicos e mentais


A partir de 30 segundos

Para liberar mais ATP (substância do organismo que transforma glicose em energia), as células quebram glicogênio, um agrupamento de moléculas de glicose estocado nos músculos. As células também extraem glicose diretamente do sangue, e essa é uma das razões pelas quais o exercício ajuda a diminuir os níveis de açúcar na composição sanguínea.

Seu corpo utiliza mais glicose para produzir ATP e começa a formação de lactato pelos músculos, sinalizando ao cérebro que você está sob stress físico.

Nos minutos seguintes

Seu coração bate mais rápido e manda sangue para os músculos – além de desviá-lo de funções não tão necessárias no momento, como a digestão.

Para continuar a produzir ATP, as células musculares precisam de oxigênio. Por isso, a sua respiração passa a ser mais importante.

Ao correr, o bumbum, as pernas e os músculos que estabilizam tronco e pélvis ajudam a mantê-la em pé, a controlar a marcha e a estender as articulações do quadril para que seus pés sejam empurrados do chão.

Você começa a incinerar calorias. Em geral, corredores queimam 100 a cada 1,6 km, mas isso depende da idade, do peso e do preparo físico.

Toda essa queima de glicogênio e oxigênio aumenta a temperatura do corpo. Para resfriá-lo, seu sistema circulatório desvia o fluxo sanguíneo para a pele, dando a você uma aparência corada e saudável. Suas glândulas sudoríparas começam a liberar umidade para evitar que o corpo se superaqueça.

Em 10 minutos

Se está em forma, seus músculos e suas reservas de ATP são amplas. Assim, seu corpo pode transportar oxigênio de forma eficiente, além de queimar gordura e glicose. Você se sente forte.

Se está sem correr há tempos, sua provisão de ATP não acompanha a demanda. Você não consegue respirar ou transportar o oxigênio ao músculo rapidamente, e o lactato começa a inundar seu corpo. Cada minuto se torna mais difícil.

Depois de 30 minutos

Acabou. Quando você diminui a velocidade das passadas, a demanda de energia cai e sua frequência respiratória retorna gradualmente ao normal.

Há chances de você se sentir energizado. Seu cérebro disparou uma carga de dopamina, hormônio que influencia na melhora do humor. O efeito do exercício pode ser tão bom que consegue até diminuir aquela vontade louca de devorar uma barra de chocolate. (Não se preocupe: mesmo que você se dê o direito de comer um pedaço, a corrida já abriu espaço no estoque de glicogênio e essas calorias extras têm menos propensão de virar gordura.
Fonte: M de Mulher
Bons treinos!
Equipe Fast Runner

Nenhum comentário:

Postar um comentário